Avisos sobre o uso das catracas de reconhecimento facial

1. Uso das catracas de reconhecimento facial no procedimento de saída de estrangeiros do Japão

A Agência de Serviços de Imigração introduziu as catracas de reconhecimento facial no procedimento de saída de japoneses e estrangeiros do Japão. No caso dos estrangeiros, o uso das catracas foi iniciado no dia 24 de julho de 2019, no Aeroporto de Haneda (Tóquio). O equipamento passará a ser utilizado pelos viajantes estrangeiros também nos aeroportos de Narita (Tóquio), Kansai (Osaka), Fukuoka, Chubu (Aichi), New Chitose (Hokkaido) e Naha (Okinawa). Para verificar o cronograma de introdução das catracas no procedimento de saída de estrangeiros, veja o arquivo publicado acima "Lista de Aeroportos com Catracas de Reconhecimento Facial" (ano fiscal de 2019) [PDF]".

Não é necessário realizar um cadastro prévio para utilizar as catracas de reconhecimento facial.
O procedimento de saída de cidadãos japoneses não sofreu alterações com a utilização deste equipamento.

Objetivos

Muitas medidas estão sendo tomadas para que o Japão se torne um destino turístico cada vez mais atrativo aos viajantes internacionais. Havia uma projeção de que o país receberia até 40 milhões de turistas em 2020 e a expectativa é de que o número de visitantes estrangeiros anuais atinja a marca de 60 milhões em 2030. Através do uso das catracas de reconhecimento facial, é possível simplificar os procedimentos de retorno e de saída de japoneses e de saída de estrangeiros do Japão. O objetivo é garantir que os agentes de imigração possam trabalhar com agilidade nos procedimentos envolvendo estrangeiros e, ao mesmo tempo, manter a rigorosidade da inspeção.

 Catracas de Reconhecimento Facial

2. Instruções de Uso

A função da catraca é verificar a foto no passaporte do cidadão através da leitura do chip e então compará-la com a imagem do rosto captada pela câmera embutida no equipamento. Se a comparação indicar que o documento pertence de fato ao viajante, o procedimento é finalizado sem problemas e a catraca se abre para permitir a passagem. Ao utilizar a catraca de reconhecimento facial, não é necessário obter o carimbo de um agente de imigração no passaporte.

Informações importantes sobre o carimbo

Com o uso da catraca eletrônica, o viajante não terá seu passaporte carimbado. Quem desejar receber um carimbo em seu passaporte deve fazer a solicitação a um dos funcionários que ficam posicionados atrás das catracas de reconhecimento facial ou a um funcionário do escritório de inspeção. O pedido deve ser feito durante o procedimento de saída do Japão, antes de passar pela vistoria da alfândega e antes do embarque na aeronave.

Quando o procedimento de saída for finalizado, não será mais possível receber o carimbo no passaporte. Quem desejar obter os registros pessoais de entrada e saída no Japão pode fazer a solicitação junto à Agência de Serviços de Imigração. Confira mais informações sobre o Pedido de Acesso aos Registros Pessoais (você será direcionado para a página de instruções sobre procedimentos).
Residentes estrangeiros que precisarem dos registros com urgência devido a alguma das situações descritas abaixo, deve entrar em contato com o Escritório Regional de Serviços de Imigração que foi responsável pelos procedimentos de entrada e saída do Japão.

  • renovação da carteira de motorista devido ao vencimento durante uma viagem ao exterior;
  • realização de procedimento de mudança de endereço ao retornar de uma viagem ao exterior;
  • realização de procedimento de comprovação de estadia no exterior para a isenção de contribuição previdenciária.
  • realização de procedimento de isenção de impostos por não ter um endereço no Japão;
  • solicitação de visto de residência no exterior.

Informação importante sobre a foto do rosto

A foto do rosto tirada pela catraca de reconhecimento facial possui o objetivo único de verificar a identidade do viajante e não é armazenada em nenhum sistema.

Avisos sobre o uso das catracas de reconhecimento facial

  1. Requerimentos para utilização das catracas de reconhecimento facial:
    • estar em posse de um passaporte com chip;
    • estar sozinho no momento de manuseio do equipamento;
    • ter mais de 1,35 metro de altura;
    • cidadãos estrangeiros, devem ter um status de residência de curta duração e estar saindo do Japão (com exceção daqueles com autorização de reentrada).
  2. Se a catraca não conseguir realizar o reconhecimento facial ou se, por qualquer motivo, não for possível utilizar o equipamento, o usuário deve buscar atendimento no guichê de inspeção.
  3. Se o viajante estiver de chapéu, máscara ou óculos escuros no momento da foto ou, ainda, se tiver a franja comprida a ponto de tapar os olhos,  a catraca pode não realizar o reconhecimento facial. Na hora de utilizar o equipamento, retire os acessórios e deixe o rosto descoberto.

3. Como utilizar as catracas de reconhecimento facial

O manuseio das catracas de reconhecimento facial é simples. Basta seguir as instruções dispostas na tela para realizar os procedimentos de retorno e saída do país.

Conheça o equipamento

 Diretrizes das Catracas de Reconhecimento Facial
  1. leitor de passaporte
    Posicione o passaporte para realizar a leitura da página de identificação.
  2. sinalização de saída
    Ao fim do processo, um sinal luminoso indicará a direção da saída.
  3. portões
    A porta de saída abre e fecha automaticamente.
  4. fotografia do rosto
    Uma câmera embutida no espelho unilateral tira a fotografia do rosto. O painel apresenta as instruções de uso.
  5. sinalização de entrada
    A sinalização de entrada/passagem proibida é de fácil identificação visual.

Como manusear as catracas de reconhecimento facial

1. Passaporte

Leitura do passaporte
Abra o passaporte na página da foto, onde fica o chip. Coloque o documento virado para baixo no leitor indicado por uma luz de LED azul. O equipamento fará a leitura das informações automaticamente.

 2. Reconhecimento Facial

Fotografia do rosto
A foto será tirada pela câmera embutida no equipamento. Até que o procedimento da foto seja finalizado, permaneça imóvel e virado de frente para a câmera.
Atenção: Retire todos os acessórios como chapéu, máscara ou óculos escuros. A franja caindo nos olhos pode dificultar o reconhecimento pela máquina.

 3. Finalização

Passagem pela catraca
O procedimento será finalizado e, se não houver problemas, a catraca se abre para permitir a passagem. Ao utilizar a catraca de reconhecimento facial, não é necessário obter o carimbo de um agente de imigração no passaporte. Os viajantes que desejarem receber o carimbo devem fazer o pedido a um funcionário que esteja próximo das máquinas.

Para visualizar o arquivo em formato pdf, é preciso instalar o programa Adobe Reader.
Se não conseguir visualizar corretamente, instale a versão mais recente.

voltar ao topo da página